Quinta, 29 Novembro 2018 11:19

‘Querem curvar a advocacia, mas o IAB irá resistir’, afirma novo consócio

Da esq. para a dir., Antonio Laért Vieira Junior, Rita Cortez, Rosildo da Luz Bomfim e Carlos Eduardo Machado Da esq. para a dir., Antonio Laért Vieira Junior, Rita Cortez, Rosildo da Luz Bomfim e Carlos Eduardo Machado

“Enquanto o magistério jurídico e a advocacia pulsarem em mim, carregarei todas as bandeiras em defesa da democracia e dos direitos individuais, como os que foram atingidos pela reforma trabalhista, que tolheu o acesso à justiça.” A afirmação foi feita pelo advogado e professor de Processo Civil e Direito do Trabalho Rosildo da Luz Bomfim, na sessão ordinária desta quarta-feira (28/11), quando foi empossado como membro efetivo pela presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Rita Cortez, que o indicou para se tornar consócio da Casa de Montezuma. Rosildo da Luz Bomfim, que integrará a Comissão de Direito do Trabalho, disse ainda: “Querem curvar a advocacia, mas o IAB irá resistir e contará com a minha efetiva participação nesse enfrentamento”.


Também fará parte da Comissão de Direito do Trabalho o advogado Diogo Campos Medina Maia, empossado na mesma sessão por Rita Cortez, que o indicou junto com o diretor de Acompanhamento Legislativo Trabalhista, João Theotonio Mendes de Almeida Junior. “É uma grande emoção estar na tribuna deste plenário histórico onde, em 2003, tomei posse como diretor da Associação Carioca dos Advogados Trabalhistas”, discursou Diogo Campos Medina Maia. Ele também falou sobre o papel a ser desempenhado pelos advogados nos tempos atuais e afirmou: “É a hora de os homens de bem arregaçarem as mangas para defender os direitos humanos, hoje, tão ameaçados”.

Diogo Campos Medina Moura


Rita Cortez também deu posse ao advogado Ricardo Eichler Bailly, indicado pelo diretor de Pesquisa e Documentação, Hariberto de Miranda Jordão Filho. “É preciso zelar pelo sistema meritocrático, que garante a justiça”, afirmou o novo consócio, que integrará a Comissão de Direito Constitucional. Segundo ele, “com a luta perene e infatigável em defesa dos direitos humanos, honraremos o passado do IAB”.



Ricardo Eichler Bailly