Quinta, 18 Julho 2019 18:37

Ivone Caetano, dois juízes trabalhistas e mais três advogados tomam posse

Da esq. para a dir., Ivone Caetano, André Fontes, Rita Cortez, Luciano Bandeira, Antonio Laért Vieira Junior, Kátia Tavares e Humberto Adami Da esq. para a dir., Ivone Caetano, André Fontes, Rita Cortez, Luciano Bandeira, Antonio Laért Vieira Junior, Kátia Tavares e Humberto Adami
A advogada e desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) Ivone Ferreira Caetano foi empossada como membro efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), na sessão ordinária desta quarta-feira (17/7), pela presidente nacional, Rita Cortez, que também deu posse, como membros honorários, aos juízes do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT/RJ) Mônica de Amorim Torres Brandão e Otavio Amaral Calvet. “Estou muito feliz por algo que não projetei, mas muito me orgulha, que é o ingresso nesta nobre Instituição”, disse Ivone Caetano, diretora de Igualdade Racial da OAB/RJ. O presidente da Seccional, Luciano Bandeira, compareceu à sessão, durante a qual também tomaram posse os advogados Rodrigo Rodrigues de Aguiar, Paulo Roberto Pereira dos Santos Filho e Rodrigo Fontoura Assef. A presidente do IAB foi agraciada com a Medalha de Honra ao Mérito Des. Ivone F. Caetano, concedida pela Diretoria de Igualdade Racial da Seccional.
Também estavam presentes no plenário histórico a vice-presidente da OAB/RJ, Ana Tereza Basílio; o secretário-adjunto da Seccional, Fábio Nogueira; o desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) e presidente da Comissão de Filosofia do Direito do IAB André Fontes, e o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Estado do Rio de Janeiro (Caarj), Ricardo Menezes. “Ivone Caetano é uma das mulheres mais valorosas do País, pois representa todas as mulheres, especialmente aquelas que enfrentam mais dificuldades, que são as mulheres negras”, afirmou Ana Tereza Basílio.
 
A comenda com a qual Rita Cortez foi homenageada pela Diretoria de Igualdade Racial OAB/RJ


A desembargadora aposentada fará parte da Comissão de Igualdade Racial do IAB, presidida por Humberto Adami, que a indicou ao Instituto. “Ela é a única desembargadora negra de toda a história do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e tem sido crítica da exclusão dos negros na sociedade e no Judiciário brasileiro”, disse Humberto Adami, ao saudar a nova consócia.

Os juízes trabalhistas empossados atuarão na Comissão de Direito do Trabalho, presidida por Daniel Apolônio Vieira. Juíza da 35ª Vara do Trabalho do TRT/RJ, Mônica de Amorim Torres Brandão foi indicada pelo presidente da comissão. “Fui colega dela de colégio e de curso pré-vestibular”, revelou Daniel Apolônio Vieira. Segundo ele, a nova consócia “goza de grande prestígio junto à magistratura e à advocacia”. Em seu discurso, Mônica Torres disse que “ingressar no IAB é galgar um novo degrau na luta pelo estado democrático de direito e pelos direitos fundamentais”.
 
Mônica de Amorim Torres Brandão


Presidente da Associação dos Juízes do Trabalho (Ajutra), Otávio Calvet foi indicado por Rita Cortez e Luciano Bandeira, que, ao saudá-lo, falou: “De todas as justiças, a do Trabalho tem sido a mais cordial com a advocacia, e o Dr. Calvet representa muito bem essa postura”. O novo consócio assumiu a tribuna e afirmou: “Vivemos muitas turbulências e precisamos ampliar o diálogo, cabendo ao IAB ajudar a construir pontes de ligação entre a magistratura e a advocacia, por um futuro melhor para o País”.
 
Otávio Calvet


Indicado pela 3ª vice-presidente do IAB, Adriana Brasil Guimarães, e por Guaracy Martins Bastos, o diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) Rodrigo Rodrigues de Aguiar falou do seu “orgulho de ingressar nesta Instituição tão relevante para o universo jurídico brasileiro”.  Guaracy Bastos afirmou que, “com a sua enorme experiência profissional, o novo membro dará expressivas contribuições ao IAB”.
 
Rodrigo Rodrigues de Aguiar


Os criminalistas Rodrigo Fontoura Assef e Paulo Roberto Pereira dos Santos Filho, que tiveram como proponentes Adriana Brasil Guimarães e Ludmila Schargel Maia, integrarão a Comissão de Direito Penal. Em seu breve discurso, Rodrigo Assef destacou “o imenso prestígio do IAB, que, ao longo de 176 anos de história, tem contribuído para o aprimoramento do Direito”.
 
Rodrigo Fontoura Assef


Paulo Roberto Pereira dos Santos Filho afirmou que “a Comissão de Direito Penal tem se apresentado como uma das mais importantes desta Casa, demonstrando que o IAB está atuando em defesa da cidadania”. Ao saudá-los, Débora Batista Martins afirmou que “são dois jovens criminalistas que brindarão o Instituto com sangue novo e grande capacidade profissional”.
 
Paulo Roberto Pereira dos Santos Filho