Quinta, 08 Julho 2021 21:51

Rita Cortez destaca olhar feminino sobre políticas públicas, em evento da ABMCJ 

“O trabalho desenvolvido pela ABMCJ é extraordinário, porque, além de ampliar a participação das mulheres, tem garantido, junto com outras entidades de representação da advocacia, um olhar feminino sobre políticas públicas que nos afetam, como o combate ao feminicídio e às desigualdades no mercado de trabalho.” A afirmação foi feita pela presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Rita Cortez, ao participar na noite desta quinta-feira (8/7) da solenidade virtual de posse da nova diretoria da representação da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ) no Sergipe, que será presidida até 2023 por Ana Lúcia Dantas Souza Aguiar.  
A solenidade foi conduzida pela presidente da ABMCJ Nacional, Manoela Gonçalves Silva, que é representante estadual do IAB em Goiás, e pela coordenadora da ABMCJ na Região Nordeste, Maria Lúcia Cavalcanti Jales Soares. Como vice-presidente da ABMCJ/SE tomou posse a advogada Patrícia Verônica Sobral de Souza. A presidente nacional do IAB conclamou as advogadas a manterem-se “cada vez mais fortes na luta“. Rita Cortez afirmou: “A nossa ação política e coletiva, ao participarmos dos debates em defesa do empoderamento das mulheres, é um passo significativo para que a gente possa fazer vingar a máxima segundo a qual ‘lugar de mulher é onde ela quiser’”. 

Também participaram da posse, entre advogados e magistrados, o ex-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) Cezar Britto; o presidente da OAB/SE, Inácio Krauss; o ex-presidente da Seccional Henri Clay; a ex-presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada, Eduarda Mourão; e a juíza Welma Menezes, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), que teve uma participação musical na abertura da solenidade, cantando o Hino Nacional.