A edição setembro/outubro destaca a projeção mundial alcançada pelo IAB, a partir do seu ingresso, em 2014, na Union Internationale des Avocats (UIA), entidade de advogados de maior prestígio no mundo. A notoriedade internacional foi consolidada com a realização, em junho deste ano, do primeiro evento do Instituto em solo estrangeiro: a mesa redonda sobre A reforma do licenciamento ambiental brasileiro, promovida pela Comissão de Direito Ambiental, em parceria com a Universidade de Alicante (Espanha).

A indicação do presidente nacional do (IAB), Técio Lins e Silva, para que a entidade produza, em caráter de urgência, um parecer a respeito das PECs 35/2015, que estabelece mandato de 10 anos para os ministros do STF, e 44/2012, que altera a forma de indicação dos magistrados da Corte Suprema, recebeu o apoio unânime dos consócios. A leitura da indicação foi feita na sessão ordinária desta quarta-feira (14/6), conduzida pela 1ª vice-presidente do IAB, Rita Cortez.

A edição março/abril traz como destaque a expressiva participação das mulheres na diretoria, nas comissões temáticas e nas sessões ordinárias do IAB, nas quais elas têm apresentado brilhantes pareceres fundamentados na defesa da dignidade da pessoa humana e se manifestado, da tribuna, contra as medidas que afrontam o princípio da autonomia da mulher, o estado democrático de direito e as prerrogativas da advocacia. Nesta edição também se destaca a reportagem “Membros honorários do IAB ocupam presidências de tribunais federais em 2017/2019”.