Quarta, 03 Março 2021 17:09

Nota de pesar – Sérgio Alberto Frazão do Couto

O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) manifesta profundo pesar pela morte, aos 74 anos, do consócio Sérgio Alberto Frazão do Couto, ocorrida nesta quarta-feira (3/3), em Belém do Pará, em consequência da Covid-19. Ele ingressou no IAB em 1999 e era membro da Academia Paraense de Letras Jurídicas (APLJ) e do Instituto dos Advogados do Pará (IAP). Foi presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no Pará (OAB/PA) e representante da advocacia no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O jurista era casado com Beth Couto e pai de Thiago.
“Sérgio Couto foi um dos maiores advogados do Pará. Fará muita falta ao mundo do Direito”, destacou o representante titular do IAB no Pará, André Augusto Malcher Meira. “Era uma figura ilustre, autêntica, que deixou marca única na advocacia paraense e uma legião de amigos”, acrescentou. André Augusto Malcher Meira ressaltou ainda que o jurista foi agraciado pelo IAP, em 2020, com o Prêmio Inglês de Souza.

Natural do Pará, Sérgio Alberto Frazão do Couto se formou pela Faculdade Nacional de Direito (FND) da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ), em 1969. Foi professor da Universidade Federal do Pará (UFPA). Entre os seus livros publicados, estão Manual teórico e prático do parcelamento urbano e A atual Constituição explicada.

Entre os cargos que ocupou, destacam-se também os de chefe de Gabinete do Departamento Estadual do Trânsito do Estado do Pará, presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis 12ª Região (PA); diretor-secretário da Federação do Comércio do Pará e consultor jurídico de várias prefeituras do estado.