Sexta, 19 Julho 2019 20:28

‘Antes de ser a segunda mulher a presidir o IAB, sou advogada trabalhista’, afirma Rita Cortez

Da esq. para a dir., à mesa, Luciano Bandeira, José da Fonseca Martins, Paulo Rubens Máximo Filho, Rita Cortez, Alessandra Camarano Martins, Antonio Fabrício de Matos e Alexandre Bastos, no momento em que Ricardo Menezes assina o ato de posse como membro da nova diretoria da Acat Da esq. para a dir., à mesa, Luciano Bandeira, José da Fonseca Martins, Paulo Rubens Máximo Filho, Rita Cortez, Alessandra Camarano Martins, Antonio Fabrício de Matos e Alexandre Bastos, no momento em que Ricardo Menezes assina o ato de posse como membro da nova diretoria da Acat
Na cerimônia de posse da nova diretoria da Associação Carioca de Advogados Trabalhistas (Acat) para o biênio 2019/2021, realizada no plenário do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), nesta quinta-feira (18/7), a presidente nacional do IAB, Rita Cortez, afirmou: “Antes de ser a segunda mulher a presidir o Instituto, sou advogada trabalhista”. A presidente voltou a criticar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 108/2019, que tem o objetivo de acabar com a obrigatoriedade da inscrição nos conselhos profissionais. Na sessão ordinária da última quarta-feira (17/7), o IAB manifestou apoio à OAB, que se posicionou contra a proposta. "Estamos vivendo tempos muito difíceis, mas os advogados são os porta-vozes da sociedade", disse Rita Cortez, ex-presidente da Acat, entidade que, segundo ela, “tem sido combativa nos seus quase 60 anos de existência”.
Na posse, a presidente do IAB criticou também o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 17/2019, destinado a transformar em lei ordinária os dispositivos alterados e criados pela Medida Provisória 881/2019, que trata da liberdade econômica. “Assim como a PEC, esse projeto traz consequências danosas para a advocacia e a sociedade, merecendo não somente a atenção das instituições jurídicas e das associações de advogados, mas atitudes em defesa da OAB e do estado democrático de direito”, afirmou.

Em seu discurso, o novo presidente da Acat, Alexandre Bastos, que integra a Comissão de Direito do Trabalho do IAB, falou das dificuldades atualmente enfrentadas pela advocacia trabalhista e defendeu a união da categoria. "Não podemos deixar que a advocacia seja diminuída, pois sem advogado não há Justiça e sem Justiça não há cidadania", disse.

Alexandre Bastos informou que, em atendimento a um antigo pleito dos filiados, a sede da Acat retornará para o prédio do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT/RJ). Ao passar o cargo, o ex-presidente Paulo Rubens Máximo Filho afirmou: "Nosso mandato se encerra com a certeza de que fizemos a diferença na valorização da advocacia trabalhista". A advogada Monica Alexandre Santos tomou posse como vice-presidente.

Também compuseram a mesa de honra os presidentes do TRT/RJ, desembargador José da Fonseca Martins, membro honorário do IAB; da Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (Abrat), Alessandra Camarano Martins; da OAB/RJ, Luciano Bandeira; e da Comissão Nacional de Direito Social da OAB Nacional, Antonio Fabrício de Matos, que representou o presidente da Ordem, Felipe Santa Cruz.
 
Da esq. para a dir., Ricardo Menezes, Luciano Bandeira, Rita Cortez e Alexandre Bastos


Luciano Bandeira também fez críticas à PEC 108/2019. “Ela tem um único objetivo, que é calar a OAB, mas continuaremos na luta, assim como lutamos pela Justiça Trabalhista”. Estavam presentes na cerimônia o 2º vice-presidente do IAB, Sydney Sanches; a 3ª vice-presidente, Adriana Brasil Guimarães; o presidente da Comissão de Direito do Trabalho, Daniel Apolônio Vieira; a diretora de Patrimônio Imobiliário, Marcia Dinis, e a diretora-adjunta Katia Rubinstein Tavares.

A nova diretoria da Acat será integrada, ainda, por Ana Paula D´Arrochella dos Santos, Claudio Almeida Lopes, Cristiane Cardoso Lopes Mançano, Gustavo Diniz, Isabela Pimentel de Barros, José Solon Tepedino Jaffe, Paulo Renato Fernandes da Silva, Ribamar Campos, Ricardo Oliveira de Menezes, Ricardo Basile de Almeida, Rodrigo Maia Roldan, Sandro Machado Nery e Sonia Regina Dias Martins. Na representação junto à Abrat estarão Araçari Baptista, como representante efetivo, e Hugo Luiz Schiavo, como suplente.
 
Foto: Bruno Martins / OAB/RJ
 Foto: Bruno Martins / OAB/RJ
O plenário do IAB lotado na cerimônia de posse da nova diretoria da Acat