A juventude do IAB é perpétua

O Instituto dos Advogados Brasileiros completou 165 anos em 07 de agosto de 2008.

Quantas gerações são agasalhadas por 165 anos de história? Seis gerações, quatro talvez. Com certeza, tempo bastante para jovens imberbes e apressados afirmarem que o Instituto envelheceu.

Estão equivocados, entretanto.

O Instituto é jovem. E afirmo que a juventude do Instituto é perpétua. Isso porque, parafraseando Joaquim Nabuco, o fundo de verdade humana que o Instituto recolheu e exprimiu ao longo de sua história continua a ser verdadeiro.

Nesse passo, e apenas como exemplo, devo lembrar que o Instituto posicionou-se a favor da abolição da escravatura, da Proclamação da República. Defendeu a criação da Ordem dos Advogados do Brasil. Combateu o Estado Novo, quando Haroldo Valadão assumiu a sua presidência em abril de 1945, assim como recentemente resistiu ao regime militar.

E será eternamente jovem o Instituto que tem como finalidade estatutária, entre outras, o estudo do direito, a difusão de conhecimentos jurídicos e o culto à Justiça; a defesa do estado democrático de direito, legitimamente constituído, e dos direitos humanos, a promoção da defesa da igualdade racial, do meio ambiente e dos interesses da nação, que não estão divorciados da defesa da igualdade social.

Então o Instituto dos Advogados Brasileiros, cumprindo a sua finalidade social, ingressa com 165 anos completos no mundo digital e dá o primeiro e decisivo passo para transmitir educação, cultura e conhecimento - que são o seu maior patrimônio, espelhado em um quadro de juristas notáveis - aos advogados, estudantes e brasileiros carentes, localizados nas regiões mais distantes do país, concretizando, dessa forma, mais um compromisso assumido pelo Presidente Paulo Eduardo Saboya.

O novo site não é instrumento apenas de transmissão, mas também destina-se a receber conhecimentos, cultura e, em síntese, educação, na busca permanente de compreensão da realidade social brasileira, porque estamos entre aqueles que, conforme Paulo Freire acreditam que:

"se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda. Se a nossa opção é progressista, se estamos a favor da vida e não da morte, da equidade e não da injustiça, do direito e não do arbítrio, da convivência com o diferente e não da sua negação, não temo outro caminho senão viver a nossa opção. Encarná-la, diminuindo assim a distância entre o que fizemos e o que fazemos."
(Pedagogia da Indignação. São Paulo, 2000, pág. 67)

Assim se justifica o novo site do Instituto, que brevemente se transformará no mais importante órgão de publicação oficial do IAB, com a participação remota e interativa dos associados, inclusive para aqueles que residem fora do Rio.

O site será o canal de comunicação para envio de sugestões e opiniões sobre indicação e pareceres a serem votados em plenário. Veículo de publicação dos artigos - que desde já solicito - elaborados pelas Comissões Permanentes e associados.
A Radio IAB se mantém no site por meio do programa "Falando de Direito e Justiça", apresentado pelo associado e amigo Luiz Otavio Rocha Miranda.

Permite, finalmente, dar início ao projeto de informatização e digitalização da Biblioteca do Instituto, aberta ao público em geral, com um acervo superior a 36.000 volumes, viabilizando, assim, o autêntico processo de inclusão social.

A Revista Digital do IAB servirá também como instrumento de divulgação intelectual na área jurídica, possibilitando o debate e o confronto de idéias porque, citando outra vez Joaquim Nabuco,

"Eu confio que sentiremos todo o prazer de concordarmos em discordar. Essa desinteligência essencial é a condição de nossa utilidade, o que nos preservará da uniformidade acadêmica".
(100 Discursos Históricos Brasileiros.Editora Leitur, fls. 228).

São novos tempos, novos desafios e novas tecnologias. E o Instituto dos Advogados Brasileiros, mais uma vez, mostra-se preparado para o novo, na busca permanente de transformação da realidade social brasileira, mantendo-se assim eternamente jovem.

Henrique Cláudio Maués
Presidente em exercício do IAB