×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 128
Quinta, 04 Outubro 2018 18:14

Sociedade dos Advogados Criminais do Estado do Rio de Janeiro (Sacerj) torna-se parceira

Da esq. para a dir., João Carlos Castellar, Marcia Dinis, Carlos Eduardo Machado, Alexandre Dumans, Rita Cortez, Antonio Laért Vieira Junior e Bernardo Cabral Da esq. para a dir., João Carlos Castellar, Marcia Dinis, Carlos Eduardo Machado, Alexandre Dumans, Rita Cortez, Antonio Laért Vieira Junior e Bernardo Cabral

A Sociedade dos Advogados Criminais do Estado do Rio de Janeiro (Sacerj), que teve como seu primeiro presidente o jurista Evandro Lins e Silva, tornou-se parceira do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). O termo de cooperação entre as duas instituições foi assinado na sessão ordinária desta quarta-feira (3/10) pela presidente nacional do IAB, Rita Cortez, e pelo presidente da Sacerj, Alexandre Dumans. “A atual Diretoria do IAB adotou a política fértil de celebração de convênios com instituições jurídicas e entidades representativas da advocacia, não somente para realizar atividades culturais e acadêmicas conjuntas, mas também para promover a união da advocacia neste momento tão difícil para a sociedade brasileira”, afirmou Rita Cortez. Estavam presentes na sessão o segundo presidente da Sacerj, Antonio Carlos Barandier, além de diretores e membros da entidade.


“Por ter em seus quadros advogados criminalistas experientes, a Sacerj, que já subsidia a OAB, poderá contribuir significativamente com o IAB na produção de seus pareceres voltados para a área penal”, afirmou Alexandre Dumans. Ao falar da trajetória da Sacerj, o presidente destacou a importância de Antonio Carlos Barandier, que, segundo ele, “ressuscitou a entidade”. De acordo com Dumans, “com as mortes de Evandro Lins e Silva e Evaristo de Moraes, que foi o primeiro vice-presidente na gestão inaugural, a Sacerj permaneceu adormecida por mais de uma década e voltou com força às suas atividades graças ao empenho de Antonio Carlos Barandier”.


Antonio Carlos Barandier

Para o secretário-geral do IAB, Carlos Eduardo Machado, que integra a atual Diretoria da Sacerj, a entidade, “ao reunir entre os seus membros advogados veteranos e iniciantes, combinando experiência e juventude, sempre foi de fundamental importância nas lutas travadas pela advocacia criminal”. Segundo Carlos Eduardo Machado, “hoje, a sua relevância se torna ainda maior, diante de tudo que a advocacia vem sofrendo, principalmente em relação às ameaças às prerrogativas inerentes ao exercício da profissão”.

Também participaram do ato de celebração do convênio os diretores da Sacerj Marcia Dinis e João Carlos Castellar, respectivamente, diretora de Patrimônio Imobiliário do IAB e integrante da Comissão de Direito Penal do Instituto.