Parceria firmada com a Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo - Instituto dos Advogados Brasileiros | IAB
Notícias
Quinta, 12 Julho 2018

Parceria firmada com a Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo



Fonte
Da esq. para a dir., Fabrício Fernandes de Castro, Rita Cortez e Sergio Tostes
Da esq. para a dir., Fabrício Fernandes de Castro, Rita Cortez e Sergio Tostes
Mais um Termo de Cooperação foi celebrado pelo Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) na gestão da presidente nacional, Rita Cortez. Nesta quarta-feira (11/7), a parceria foi firmada com Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Ajuferjes), com a qual o IAB realizará conferências, seminários, debates, palestras e pesquisas voltadas para a produção de conhecimentos jurídicos. O termo foi assinado por Rita Cortez e o presidente da Ajuferjes, Fabrício Fernandes de Castro. “Com o objetivo de intensificar a realização de atividades culturais e acadêmicas, a nossa gestão tem dado relevância aos convênios com as instituições jurídicas, alguns dos quais já renderam frutos, como o firmado com a OAB/RJ, que resultou na concessão ao IAB de uma página na Tribuna do Advogado, revista mensal editada pela Seccional”, afirmou Rita Cortez.

Fabrício Fernandes de Castro falou sobre a importância da assinatura do Termo de Cooperação com o IAB. “Fechar esta parceria com a mais antiga entidade jurídica das Américas, quase bicentenária, é uma honra para a jovem Ajuferjes, que está completando apenas 10 anos de existência”, afirmou. O juiz, que militou na advocacia antes de ingressar na magistratura, foi convidado pelo 1º vice-presidente, Sergio Tostes, e pela diretora-secretária Ana Tereza Basílio a se tornar membro honorário do IAB. “Tenho muito orgulho de ter sido advogado, e afirmo que o juiz que nunca foi advogado, às vezes, não percebe a importância da advocacia”, disse.

Sergio Tostes defendeu a aproximação entre advogados e magistrados. “Neste momento delicado da vida institucional do País, essa comunhão é fundamental para o fortalecimento do Judiciário como o grande poder moderador, sem o qual não será alcançado o tão desejado desenvolvimento econômico”, disse. Designada pela presidente do IAB para monitorar os prazos de vigência dos convênios firmados nos últimos anos, com vistas a renová-los, e buscar novas parcerias, Ana Tereza Basílio afirmou: “A realização de estudos jurídicos conjuntos e a troca de ideias entre a magistratura e a advocacia são indispensáveis à democracia brasileira”.


Ana Tereza Basílio