Quinta, 05 Setembro 2019 14:46

Diretora da Acat e advogado criminalista tomam posse como membros efetivos

Da esq. para a dir., Alexandre França Bastos, Isabela Pimentel de Barros, Rita Cortez, Antonio Laért Vieira Junior e Adriana Brasil Guimarães Da esq. para a dir., Alexandre França Bastos, Isabela Pimentel de Barros, Rita Cortez, Antonio Laért Vieira Junior e Adriana Brasil Guimarães
Após tomar posse como membro da nova diretoria da Associação Carioca de Advogados Trabalhistas (Acat) para o biênio 2019/2021, em solenidade realizada no Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), no dia 18 de julho último, a advogada Isabela Pimentel de Barros retornou ao plenário histórico, na sessão ordinária desta quarta-feira (4/9), para ser empossada pela presidente nacional, Rita Cortez, como membro efetivo do IAB. Indicada pelo consócio e presidente da Acat, Alexandre França Bastos, a advogada, que atuará na Comissão de Direito do Trabalho, disse: “É com muita alegria que ingresso no IAB, neste momento tormentoso enfrentado pela Justiça do Trabalho”. Na sessão, Rita Cortez deu posse também ao advogado criminalista Thiago Guilherme Nolasco.
Isabela Pimentel de Barros destacou, também, “o histórico de luta do IAB, presidido pela advogada trabalhista Rita Cortez, exemplo para todos nós”. Ao saudá-la, Alexandre França Bastos disse: “é uma grande aquisição para a Comissão de Direito do Trabalho do IAB”.

Thiago Guilherme Nolasco foi indicado ao Instituto pelo 2º vice-presidente da Comissão de Direito Penal, Ricardo Pieri Nunes, que, ao dar-lhe as boas-vindas, se referiu ao novo consócio como “um colega de trincheiras na advocacia criminal, que se destaca por sua enorme capacidade técnica, com brilhantes sustentações orais na defesa do devido processo legal”. 

O jovem advogado disse que, ainda estudante, esteve no IAB, pela primeira vez, há sete anos. “Fiquei impressionado com nível das palestras ministradas por renomados juristas desta Casa, da qual passo a fazer parte, esperando poder contribuir com os trabalhos desenvolvidos pela Comissão de Direito Penal”, afirmou.
 
Ricardo Pieri Nunes e Thiago Guilherme Nolasco, no momento em que presta juramento ao IAB